2 de set de 2009

Elaboração do Programa e Inserção no Terreno

2 de set de 2009
Hoje o professor Daniel deu orientação sobre o programa e a inserção no terreno. Seguem abaixo as anotações:

- Atividade Principal: Definir qual é o empreendimento, qual o seu diferencial, o que irá funcionar nele, qual será o público alvo. (Exemplo: hotel. Que tipo de hotel? Hotel ecológico...)

- Atividade Secundária: Definir qual(is) atividade(s) dará(ão) suporte ou complementará(ão) a atividade primária. (Exemplo: lanchonete, praça de alimentação, loja, etc.). Obs.: Tomar cuidado para não dar uma importância à atividade secundária que passe a igualar ou a substituir a importância da atividade principal.

- Apoio: Pensar em como as atividades funcionarão, no que elas precisam para funcionar e em como serão esses apoios (Exemplos de apoios: I.S., estacionamento, lixo, depósito, carga e descarga, guarita, etc. . É muito importante pensar em tudo o que vai precisar antes para não ter que fazer modificações que atrapalhem o projeto. Para isso, é preciso pensar nas RELAÇÕES, nos ACESSOS, nas OBSERVAÇÕES e na ÁREA.

Relações: Pensar no exemplo do restaurante. O que ele precisar ter? Como ele funciona? Existe a parte dos clientes e a parte de operação. Tentar bolar esquemas com fluxogramas coloridos, por exemplo, para ter uma visualização das relações entre os espaços, os equipamentos e as pessoas.

Acessos: Pensar nos acessos e nos tipos de acessos; se devem ser restritos, liberados, etc.

Observações: Segue o exemplo da academia, onde uma das observações é a justificativa das esteiras estarem posicionadas em frente à abertura, que é a vista.

Área: Pensar nos tamanhos dos equipamentos, espaços e circulações, somar tudo e acrescentar mais 20% de erro nessa soma para poder ter uma ideia de área necessária para as atividades.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blog do Estúdio Híbrido I - Arquitetura e Urbanismo / UNA ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates ► Distribuído por Templates